quarta-feira, maio 11

Fabric gift bags recheados de carinhos

Ser artesão é amar com a imensidão dos céus o belo, a novidade e o inacreditável através das ferramentas do coração, sempre pensando no alegrar daqueles que admiram a dádiva da vida.

Walber Nunes



Fabric gift bags dobrados com as ferramentas do coração.


Para dar alegria aos dedinhos de artesãs pra lá de especiais.

Para saborear a vida.

Gift bags que levam mimos de coração para coração.
Gift Bag: Carmem Sprung
Simple Heart: Gay Merrill Gross


Com papel e com afeto
♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

quinta-feira, maio 5

Cartões artesanais com origami de tecido

Versos de Wanyr Caccia.
Fotografia tirada por mim.
Para os que vão traduzir: A saudade é a certeza de que a gente ainda vai se encontrar.

     É tão verdadeira a frase da Vanessa Leonardi: “O tempo dá delicadezas aos olhos”, isso é possível porque ele também traz fé e com ela a paz.

     Falo isso porque anteontem participei de uma comemoração maravilhosa em homenagem às mães, foi a primeira que consegui participar desde que a minha foi viver em outro plano. Acabei tomando parte na organização final e senti uma imensa alegria.

     Não costumo falar de questões pessoais na net, mas achei bom compartilhar essa experiência, pois sei que muitas pessoas passam por situações semelhantes, assim elas podem perceber que não são as únicas.

     Inspirada por esses bons sentimentos, dobrei cartões para presentear duas mães que conheço. Usei tecido. Para mim, eles transmitem uma sensação de aconchego. Será por que as mães nos envolvem com eles desde que nascemos? Ou é próprio do tecido isso?

     Vamos a eles, então?


Envelope retangular: Keiji Kitamura
Coração: Gay Marrill Gross
Layered pocket: tradicional



Para os que vão usar o tradutor: Afinal, a estrada que leva ao amor chama-se delicadeza!

    Para quem quiser dobrar corações clique aqui ou aqui.
    Agora, se preferir um vídeo é só clicar aqui.
    O Norberto escreveu uma postagem interessante, com sugestões e link para diagrama.

     Lógicamente, não há necessidade de usar tecido, qualquer pedacinho de papel pode virar um coração, só não se esqueça de que é necessário engomar o tecido, caso não saiba como, uma busca pelo santo google pode resolver seu problema.

     Acho que seria uma ótima oportunidade para os mais jovens pergutarem aos maios velhos como se engoma. Uma troca de experiência que pode resultar em mais carinho e respeito entre gerações.

    Dica:
    O coração  tem pequenas dobrinhas que ficarão melhor com cola pano (caso use tecido), se você não tiver, basta colocar a peça já pronta dentro de um livro grosso e deixar de um dia para o outro, ficará perfeita.

    Enquanto isso, aproveite para ler.  Eu estou lendo Comer, Rezar, Amar de Elizabeth Gilbert. Vi o filme, gostei e não resisiti, me dei de presente o livro.

Butterfly corner clip: Ralph Matthews
Uso como marca-páginas

    Os cartões, envelopes e essa linda borboleta marca-páginas estão no livro Minigami de Gay Merrill Gross, comprei na Livraria Cultura e adorei. Gosto muito de coisas simples e bonitas. O site Amazon permite fazer uma visualização limitada do livro, a chamada pré-visualização.

    Boas e carinhosas dobras!
    Um maravilhoso Especial Dia das Mães!

Com papel e com afeto
♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...