segunda-feira, abril 14

domingo, abril 13

Beleza



Há quem diga que todas as noites são de sonhos. Mas há também quem diga: nem todas, só as de verão.
Mas no fundo isso não tem importância. O que interessa mesmo não são as noites em si, são os sonhos.
Sonhos que o homem sonha sempre. Em todos os lugares, em todas as épocas do ano, dormindo ou acordado.

Shakespeare.

Leveza


Mestre, são plácidas
Todas as horas
Que nós perdemos,
Se no perdê-las,
Qual numa jarra,
Nós pomos flores.
(Ricardo Reis - heterônimo de Fernando Pessoa)

Docilidade.

" Como é grande o meu amor por você" (Roberto Carlos).

Leveza



Canção mínima

No Mistério do Sem-Fim,
equilibra-se um planeta.

E no planeta, um jardim;
e, no, jardim, um canteiro;
no canteiro, uma violeta,
e sobre ela, o dia inteiro.

Entre o planeta e o Sem-Fim,
a asa de uma borboleta.(Cecília Meireles)

Luminosidade



Uma estrela azul - "Essa cor que azuleja o dia" como canta Djavan - mais um feiticeiro amarelinho - luz e paz para o grande amigo Marcos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...